Apresentação

O Site Nuclear Free World, aberto a todos os interessados em participar da luta por um mundo sem nuclear, está disponível em diferentes idiomas.

Sua apresentação e as indicações básicas para seu uso são publicadas em inglês, com links, no topo superior direito da página, para versões em outros idiomas e, logo acima dos textos, para traduções automáticas.

As matérias do site são publicadas no idioma dos Coletivos Nacionais que as inserem (ver abaixo), mas podem ser acessadas em outros idiomas por tradução automática. Se você utilizar o tradutor automático pelo browser, verifique se está habilitada a possibilidade de retorno ao texto original. Propostas de melhor tradução serão sempre bem vindas. Quem tiver disponibilidade, favor enviá-la por meio deste formulário.  

O site é administrado conjuntamente pela Coalizão por um Brasil Livre de Usinas Nucleares – Xô Nuclear, que o construiu, e pelos Coletivos Nacionais.

Para se comunicar com os administradores do site utilizar formulário contato.

O que é o site Nuclear Free World

No Primeiro Fórum Social Temático sobre o nuclear civil e militar, realizado em março de 2016 no Japão como um evento do processo do Fórum Social Mundial, foi lançado o Chamamento de Tóquio por uma Rede Mundial rumo a um mundo sem nuclear.

A construção da Rede começou com a realização do Segundo Fórum Social Temático sobre o nuclear civil e militar em Montreal, Canada, em agosto desse mesmo ano, e prosseguirá com um Terceiro Fórum em novembro de 2017 na França.

O site Nuclear Free World foi criado para apoiar essa construção. Ele é um instrumento de intercomunicação horizontal entre as organizações da Rede, para facilitar o conhecimento mutuo e a troca, entre elas, de informações e de experiências de luta, para o aprofundamento e a disseminação do conhecimento sobre os riscos e consequências do uso civil e militar da energia nuclear, e para a discussão e a concretização de propostas de ação conjunta antinuclear.

 

  • O site é aberto a todos os interessados.

    Os conteúdos serão inseridos diretamente pelas organizações da Rede, na sua própria língua (formulário conteúdo), mas, para impedir inserções mal intencionadas, serão autorizadas a inserir conteúdos somente as organizações que tenham formado, em seus respectivos países, Coletivos Nacionais de Administração do Site.

    Cada organização integrante dos Coletivos indicará qual ou quais de seus membros poderão inserir conteúdos (formulário autorização de inserção).

    Organizações não integrantes de Coletivos poderão propor conteúdos, fazer comentários ou participar de debates, (formulário proposta de conteúdo, comentário ou debate), mas sua publicação deverá ser autorizada pelos moderadores do site.

    A pedido do interessado, os conteúdos poderão ser traduzidos automaticamente. Revisões dessas traduções serão bem-vindas e serão inseridas pelos administradores do site (formulário traduções).

    O site será administrado conjuntamente pela Coalizão por um Brasil Livre de Usinas Nucleares – Xô Nuclear, que o construiu, e pelos Coletivos Nacionais.

  • Os Comitês de Facilitação dos Fóruns Sociais Temáticos sobre o nuclear já realizados e em preparação e as organizações que formam a Coalizão por um Brasil Livre de Usinas Nucleares e a Articulação Antinuclear Brasileira foram convidados a criar os primeiros Coletivos Nacionais de Administração do Site (no Japão, no Canada, na França e no Brasil).

    A criação desses coletivos será formalizada pela a indicação dos nomes das organizações que o integram e respectivos mails (formulário primeiros coletivos).

    Organizações não integrantes de coletivos existentes, que desejem dele fazer parte para poder inserir conteúdos, deverão encaminhar uma solicitação de integração (formulário integração em coletivos) apoiada por pelo menos um integrante do Coletivo, para validação pelos seus demais integrantes.

    Organizações desejosas de criar um Coletivo em países onde ele ainda não exista deverão usar o formulário novos coletivos, indicando as organizações que o comporão, para sua validação pelos Coletivos existentes.

    Uma vez constituído, cada Coletivo escolherá entres seus membros três moderadores (formulário moderadores) para sua relação com os demais administradores do site e para autorizar a publicação de conteúdos propostos por organizações não integrantes de Coletivos.

  •  

    • Atividades
    • Informações
    • Propostas
    • Denúncias
    • Pedidos
    • Debates
    • Biblioteca
    • Declarações
    • Notas

    Abaixo da apresentação, na página de abertura do site, aparecem chamadas dos quatro últimos conteúdos nele inseridos.

    No espaço inferior dessa página aparece a chamada do conteúdo mais recente inserido em cada categoria. Os títulos das categorias remetem à lista dos demais conteúdos, apresentados pela ordem cronológica de inserção dos mesmos.